Próxima parada: maternidade! #1

março 10, 2020

Teste de gravidez positivo - próxima parada: maternidade

Vamos compartilhar nossas histórias?

Ei, mamães! Tudo bem com vocês?

A partir de hoje vamos postar aqui no blog do Outlet das Mamães o diário da maior aventura que eu estou vivendo: a maternidade.

Vou contar para vocês tudo a respeito da minha gravidez, meu dia a dia, meus sintomas, exames, etapas e preparativos para receber o bem mais precioso da minha vida.

Preparadas para explorarem este mundo comigo? Então vamos lá! 

QUEM EU SOU

Para começar eu vou falar um pouco sobre mim e sobre a minha história.

Meu nome é Gabriela, tenho 24 anos, sou jornalista e sempre falei com todas as palavras que nunca iria ser mãe! Eu sempre tive um baita medo de engravidar, pelos motivos que eu acredito que a maioria das mulheres consideram também antes de tomarem essa decisão (quando é algo planejado):

1. É muita responsabilidade. E é mesmo! Sempre me vi muito solta na vida, querendo aproveitar, viajar, fazer meus próprios horários e ser livre para poder ser o que eu quiser, e um filho pode travar bem toda essa ideia de liberdade;
 
2. Filho gasta bastante dinheiro, coisa que eu nunca tive hahaha. Aquela lista de despesas que não acaba nunca me assustava bastante e ainda assusta né, mas agora tudo está sendo resolvido;

3. E por último e não menos importante, eu sempre amei crianças, mas confesso que não sou a pessoa mais paciente do mundo. Sempre brinquei que filho bom é aquele que quando chora a gente entrega para os pais. E agora a mãe sou eu gente, como que faz? kkkkkk

Enfim, com todos esses tópicos rodeando minha cabeça eu tinha um receio bem grande a respeito da maternidade. Maaaaaas, eu acredito que a vida dá umas reviravoltas para fazer a gente crescer e evoluir, e cá estou eu, gravidíssima!

COMO TUDO COMEÇOU

Tudo começou quando eu reencontrei, depois de 10 anos sem saber notícias, meu primeiro namorado. Foi aquele clique. Namoramos alguns meses em 2009 e depois que ele saiu da escola nunca mais o vi (apesar de dar umas stalkeadas no instagram dele de tempos em tempos).

Após terminar um relacionamento de 5 anos e meio, resolvi chamar ele pra sair depois de dar uma flertadinha pelos stories do insta. Resultado? A gente não se largou mais e cada dia que passa tenho mais vontade de dividir a vida com ele.

O Nikolas nunca quis ter filhos também, e como é filho único sempre disse que não daria netos aos pais.

Um belo dia, depois de esquecer vários comprimidos do meu anticoncepcional, resolvi que não ia mais tomar remédio. Nunca gostei e me fazia muito mal. Avisei ao mozão e decidimos que tomaríamos outras providências para prevenir uma gravidez não planejada.

Meu ginecologista disse que eu teria dificuldade de engravidar por conta de um cisto no ovário esquerdo e o Nikolas tinha um problema nas veias dos testículos que diminuía a mobilidade dos espermatozóides.

O ponto é que enrolamos, transamos sem proteção mais do que deveríamos e acreditamos que estávamos seguros nas nossas “improbabilidades”. BOBAGEM! kkkkk

É SÓ UMA GRIPE FORTE

Em janeiro peguei uma gripe daquelas arretadas. Fiquei de cama uns dias sentindo todos aqueles sintomas que deixam a gente irritada.
Neste mesmo período eu aguardava ansiosa pela minha menstruação, que estava fazendo uma leve hora com a minha cara e não queria descer. Meus seios estavam doloridos e comecei a ter muito enjôo.

Eu achava que os seios doloridos eram por conta da menstruação para chegar e que o enjôo era por conta da gripe. Até fomos em um show e eu passei mal o festival praticamente inteiro. E tudo que eu sabia responder era: "calma gente, é só uma gripe forte!" 

Dois dias depois do show, Nikolas e eu estávamos no shopping e resolvemos comprar um teste de farmácia, apenas para tirar qualquer ideia maluca da cabeça. Fui ao banheiro de lá mesmo e o segundo tracinho do exame ficou colorido mais rápido do que eu esperava.

Quase tive um piripaque e sai correndo atrás do Nikolas no shopping. Ele ficou incrédulo e disse que aquele teste era de qualidade ruim. Compramos um digital, que indica até as semanas de gestação. Alguns litros de água depois fui fazer o outro exame, fiz quase nada de xixi e tinha certeza que daria negativo. GRÁVIDA +3 semanas.

Pois é. Dali entramos em desespero e eu só sabia chorar kkkkkkk. Os dias seguintes foram de fortes emoções, mas vou deixar para contar no próximo post do diário.

E aí, estão gostando da minha história?

Se sim, segue a gente no instagram e dá um like neste post, pois na próxima quinta-feira eu vou contar sobre os primeiros dias após descobrir da gravidez.

Ah! Comenta aqui embaixo me contando o que achou e como é a história de vocês, estou louca pra gente trocar figurinhas!

Um beijo no coração de vocês e até a próxima!


Deixe um comentário

Os comentários serão aprovados antes de serem exibidos.